Vila A Mais

Valmiro Aparecido está em cuidado paliativo no complexo hospitalar e demonstrou o desejo de visitar o atrativo durante uma conversa com a equipe. Ação foi uma parceria do HMCC e Urbia Cataratas.

“Pessoalmente é muito mais bonito”, afirma paciente internado no Hospital Costa Cavalcanti em primeira visita às Cataratas

O Parque Nacional do Iguaçu, que abriga as Cataratas do Iguaçu, não tinha nem aberto ao público, mas já recebia um visitante especial, na manhã de quarta-feira, dia 31. Valmiro Aparecido da Silva, de 54 anos, é paciente do Hospital Ministro Costa Cavalcanti (HMCC) e realizou o desejo de conhecer uma das 7 Maravilhas do Mundo. “Estava ansioso. A gente conhece pela TV, mas pessoalmente é muito mais bonito”, afirmou Valmiro, que, mesmo morando em Foz, nunca tinha visitado o atrativo.

O paciente está internado no centro hospitalar desde 23 de maio, por conta de um tratamento oncológico. A história das Cataratas surgiu durante uma conversa da equipe de Cuidados Paliativos – Hope – na semana passada, que ouviu dele a vontade de visitar algum lugar. Devido ao estado de saúde do Sr. Valmiro, uma viagem não pode ser realizada, mas um passeio rápido foi possível. Esta foi a primeira vez que um paciente internado em uma instituição hospitalar fez uma visita às Cataratas.

“Logo que conversamos com ele e soubemos do desejo, já iniciamos os trabalhos, e aí foi uma união de esforços do Hope, equipe médica, imprensa, família e com a concessionária que administra o Parque para que tudo desse certo. Ficamos felizes de proporcionar ao Sr. Valmiro uma experiência única como essa”, explicou a médica paliativista e coordenadora do Hope, Dra. Ana Paula Romanini, que continuou: “São nessas simples ações que o paciente encontra vida e força para seguir em frente”.

Tudo foi possível devido a uma liberação especial da Urbia Cataratas. Valmiro realizou o passeio acompanhado das duas irmãs, Maria Aparecida da Silva e Cenira Maria da Silva. Logo que chegaram ao Parque Nacional, se deslumbraram com a visão das quedas d’águas e agradeceram a equipe pela oportunidade. “Isso é amor de verdade pelo que se faz. Deslocar um paciente para trazer até aqui, é gostar do trabalho. Agradeço a cada um da equipe do Hospital que organizou e proporcionou isso ao meu irmão”, disse Cenira. O paciente esteve assistido pela equipe médica e ambulância.

A visita do paciente às Cataratas fez parte do “last wish”, ação do Hope que busca atender aos pedidos dos pacientes que estão em cuidado paliativo. “Este cuidado é um trabalho que busca valorizar o paciente em todos seus aspectos. Procuramos saber mais sobre ele, suas vontades, e assim oferecer todo conforto possível, apesar da sua doença”, falou Dra Ana. Em outras oportunidades, pacientes já receberam visitas de animais de estimação, além de ganharem presentes, como peixes e comida favorita.

“Pessoalmente é muito mais bonito”, afirma paciente internado no Hospital Costa Cavalcanti em primeira visita às Cataratas

Fonte: Assessoria.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *