Vila A Mais

Durante o cumprimento de um mandado de prisão, houve a prisão em flagrante pela posse de arquivos de pornografia infantil.

Foz do Iguaçu/PR – Na data de hoje, foi deflagrada a operação Prius Praesidium, decorrente de trabalho conjunto da Polícia Federal e da polícia Civil do Paraná.

Houve cumprimento de mandado de prisão De homem identificado como responsável pelo abuso sexual de crianças e adolescentes, por meio da internet. As investigações apontam a existência de mais de 300 vítimas.

Além disso, também há indicativos de possível estupro de vulnerável, que será devidamente apurado, no decorrer das investigações em curso.

Durante o cumprimento de mandado de busca na cidade de Foz do Iguaçu, também foi identificado situação flagrâncial. Foram identificadas dezenas de imagens contendo abuso sexual infanto-juvenil, sendo dada a voz de prisão pelo delito identificado.

No local dos fatos ainda foram identificados diversos produtos inseridos irregularmente no território nacional, sendo adotadas as medidas cabíveis pela Receita Federal.

Destaca-se que o aliciamento de crianças e adolescentes se dava especialmente através de jogos on-line. O investigado utilizava metodologia de acesso a redes nesse jogos e convencia as crianças e adolescente a enviarem imagens pornográficas.

O investigado responderá por crimes previstos no estatuto da criança do adolescente bem como poderá também responder pelo estupro de vulnerável, previsto no Código Penal.

O nome da operação em latim significa “proteção prioritária”, referência a atenção dada pela PF nos casos de violência e abuso infantil.

Caso haja a ciência de fatos relacionados, denúncias podem ser encaminhadas a Polícia Federal em Foz do Iguaçu através do nosso Disque-Denúncia.

Comunicação Social da Polícia Federal em Foz do Iguaçu/PR
CS/PF/Foz
cs.foz@pf.gov.br

Disque-Denúncia
(45) 99116-8691 (telefone/WhatsApp)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *